O que é Cold Bonding ou Solda a frio?

Hoje em dia, em toda a extensão de uma planta industrial, podemos encontrar equipamentos que possam oferecer um problema oculto em tarefas de manutenção potencialmente perigosas sem perceber. Nesses trabalhos estão líquidos inflamáveis e vapores como gasolina, diesel, óleo combustível, tintas, solventes, colas, lacas e agentes de limpeza. Se uma tocha ou cortador motorizado for usado em um tanque ou tanque contendo material inflamável (sólido, líquido ou vapor), o tanque ou tambor pode explodir violentamente.

É mais do que comprovado que a soldagem é um dos métodos mais conhecidos de reparo e fabricação de estruturas e peças metálicas. Soldagem é a ação de derreter e fundir metais.

No entanto, existem situações com ambientes inflamáveis, que condicionam esse processo, uma vez que faíscas de metal quente são projetadas em todas as direções com um alcance de até 15 metros!

No  entanto, há também situações que, embora o ambiente não seja inflamável ou em risco de explosão, há vazamentos vivos de líquidos em tubos ou tanques que não podem ser esvaziados ou fecham a passagem do fluido, o que exclui a possibilidade de trabalho de soldagem convencional.

Fatores que afetam o processo de construção e/ou reparo de metais.

  • O tempo

Um aspecto a considerar em casos de uso de soldagem é o tempo, pois realizar esta aplicação requer um processo de várias etapas. Essas etapas podem exigir desgastes de equipamentos, usinagem superficial, tratamentos térmicos para liberar estresse e até inspeções.

 

  • A Segurança

O risco de faíscas pode limitar aplicações onde a soldagem é aceitável, especialmente em atmosferas potencialmente explosivas. Uma única faísca criada durante a soldagem pode causar um incêndio ou até mesmo uma explosão.  Gases tóxicos produzidos durante o processo de soldagem podem ter um impacto negativo sobre o soldador em espaços confinados e também afetar o meio ambiente.

 

  • Defeitos e falhas

Embora a soldagem continue sendo o procedimento mais utilizado, está sujeita a defeitos e falhas como a corrosão galvânica, que ocorre como resultado da contenção de metais diferentes entre o material de enchimento e o material base, outro fator que favorece a presença de corrosão é o calor gerado pela soldagem (HAZ).

Tensões residuais causadas pela expansão irregular da contração alteram a estrutura e as propriedades do metal e podem levar a uma possível degradação do material.

Lacunas e porosidade também podem ocorrer durante o processo de soldagem. Estes podem enfraquecer a junta soldada se não forem reparados, e podem ser difíceis de detectar se não estiverem visíveis na superfície da solda.

Avaliar os riscos necessários antes de realizar qualquer trabalho quente torna a soldagem um processo demorado e, portanto, opções alternativas mais seguras e econômicas estão se tornando populares entre os profissionais do setor.  Neste post do blog vamos falar sobre um reparo alternativo de reparos para soldagem.

Cold Bonding ou Solda a frio

Soldagem a frio é uma técnica que é usada como uma ótima alternativa à soldagem tradicional. Trata-se da ligação mecânica e polar de adesivos químicos com diferentes materiais, como metais, plásticos e borrachas. Com o tempo, essas soluções vêm melhorando suas capacidades, como adesão, compressão e resistência química e a diferentes temperaturas.

A ligação a frio é usada em conjunto com compósitos poliméricos, que no dia são os produtos mais utilizados para essa técnica, pois podem oferecer benefícios como:

  • Elimina o risco de faíscas ou riscos elétricos, evitando a necessidade de licenças de trabalho quentes.
  • A ligação a frio pode ser usada quando o corte e a soldagem são restritos devido a atmosferas potencialmente explosivas.
  • Ele permite que você realize a aplicação no local de forma rápida e fácil sem a necessidade de equipamentos especiais.  Isso torna a soldagem a solução ideal para reparos emergenciais em áreas de aplicação desafiadoras, onde o acesso é restrito.
  • Elimina a necessidade de usinagem no local, alívio do estresse ou tratamento térmico pós-soldagem.
  • O adesivo de ligação a frio pode adaptar-se a formas e substratos irregulares, preenchendo a lacuna entre as superfícies. Isso garante um contato 100% que melhora a capacidade de carga.
  • O sistema é livre de solventes, 100% sólido e ambientalmente correto.

Como os testes de laboratório e a experiência de campo mostraram, compostos poliméricos de ligação a frio podem ser aplicados para a reparação de equipamentos metálicos como funis, tanques, flanges, almofadas de suporte e tubos, bem como para aplicações recém-construídas, como a criação de calços de suporte à carga, modificação de interiores de contêineres e montagem de equipamentos.

Com o tempo, os revestimentos poliméricos foram melhorados para demonstrar altas propriedades de resistência à adesão e compressão equivalentes ou superiores às da soldagem.

Chesterton protegeu estruturas críticas e equipamentos com tecnologia avançada de revestimento reforçado ARC há mais de 25 anos. Os materiais compostos ARC são cientificamente projetados para proteger metais e concreto de danos caros e problemas associados à abrasão, erosão, corrosão, ataque químico e corrosão atmosférica.

Para consultar o tipo de produto que você precisa de acordo com sua aplicação e gostaria de assistência na seleção das melhores soluções em revestimentos industriais ARC, não hesite em entrar em contato com nossos especialistas clicando no link a seguir – Pergunte a um especialista

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *



Más Notas

Preservação Proativa de Manutenção de Equipamentos, Sobressalentes e Componentes em Armazenamento

2 de Março de 2021

De acordo com a NACE (Associação Americana de Engenheiros de Corrosão), o custo direto da corrosão nos...

Benefícios do monitoramento de equipamentos rotativos para reduzir custos e alcançar novos níveis de confiabilidade

7 de Outubro de 2021

O monitoramento abrangente dos equipamentos rotativos pode ser benéfico para as equipes de manutenção de muitas maneiras,...

Guia de Seleção para Proteção de Mancais e Caixas de Engrenagens

9 de Novembro de 2023

A selagem dinâmica é um dos grandes desafios em qualquer equipamento moderno. São dois objetivos essenciais: manter os...