Indústria 4.0: A digitalização de processos focados na manutenção preditiva.

A indústria, como a humanidade, continua seu processo evolutivo de forma acelerada. Em um ambiente altamente competitivo em que empresas de diferentes segmentos enfrentam desafios significativos para melhorar a eficiência dos processos e aumentar a rentabilidade de suas operações, a incorporação de tecnologia e a integração de sistemas avançados que fornecem dados e informações valiosas para a tomada de decisões adequadas é essencial.

O conceito de Indústria 4.0 representa a hipotética quarta fase de progresso técnico-econômico que ao longo da história sofreu mudanças drásticas, desde a mecanização de processos, linhas de produção ou montagem em massa, automação informatizada e sistemas cibernéticos, até a implantação de fábricas inteligentes e sistemas de monitoramento por condição que permitam não só conhecer o status de cada etapa de um processo específico, mas prever potenciais contingências que facilitem a implementação de ações corretivas antes de sofrer uma falha que envolve paralisações inesperadas, altos custos e perdas significativas de produção.

A indústria 4.0 tem implicações associadas à digitalização das cadeias de valor através do uso de tecnologias de processamento de dados, inteligência artificial e sensores, a fim de prever, controlar, planejar e produzir de forma inteligente, o que, sem dúvida, traz maior valor para toda a cadeia produtiva.

Esse conceito não é alheio às práticas de manutenção aplicáveis às cadeias produtivas, que buscam maximizar a utilização da capacidade instalada por meio da operação ideal em condições controladas dos equipamentos inerentes ao processo, é aqui que o conceito de manutenção preditiva emerge como uma área significativamente potencial para a implementação de novas tecnologias, algo que deixou de ser uma tendência para se tornar realidade.

Como funciona a manutenção preditiva na Indústria 4.0?

Ressalta-se que o conceito de manutenção preditiva vem sendo aplicado há anos passando por diferentes estágios, com técnicas de medição e análise de dados utilizando sensores para prever ou antecipar possíveis falhas nos equipamentos de produção. A novidade é a integração da Internet das Coisas IoT (Internet das Coisas) que incorpora a tecnologia de big data para registrar e documentar informações constantemente, que podem ser avaliadas em tempo real para detectar desvios, ineficiências e evitar reparos dispendiosos.

Em suma, em uma frase pode-se dizer que a principal missão da manutenção preditiva é otimizar a confiabilidade e disponibilidade dos equipamentos ao menor custo possível.

Chesterton juntou esses avanços com o lançamento do sensor Connect, que dentro da curva evolutiva da tecnologia de dados está em fase de monitoramento responsivo com conectividade Bluetooth® e integração ao Chesterton Cloud para armazenamento em nuvem. Chesterton Connect é um dispositivo de coleta de dados fácil de usar, que permite ao usuário monitorar com segurança e convenientemente as condições operacionais de seus processos e equipamentos. Graças à sua tecnologia e design robusto para suportar ambientes pesados, este dispositivo permite monitorar proativamente fatores como vibração, temperatura e pressão de processo, que são condições críticas para o funcionamento ideal de  vedações mecânicas em equipamentos rotativos como bombas centrífugas, misturadores, motores elétricos, redutores, turbinas e compressores.

Em combinação com soluções de vedação mecânica diferenciadas, o dispositivo Chesterton Connect tem mostrado efeitos positivos na extensão da vida útil dos selos mecânicos, fornecendo dados e tendências que permitem aos usuários detectar possíveis causas de falha prematura em tempo hábil, bem como alertas visuais quando ocorrem desvios contra condições de processo pré-estabelecidas.

Em conclusão, através da implementação de tecnologias associadas ao conceito de indústria 4.0 é viável para empresas de setores industriais como Água Potável/Resíduos, Celulose e Papel, Energia, Química, Mineração e Hidrocarbonetos alcançar resultados positivos em:

  • Planejamento oportuno e programação de planos de ação e melhoria;
  • Melhoria da eficiência e produtividade;
  • Melhorar a rentabilidade das máquinas e processos inerentes;
  • Melhoria da confiabilidade e disponibilidade dos equipamentos;
  • A diminuição das perdas de matéria-prima ou produto acabado devido a paralisações e reparos inesperados;
  • Redução dos custos de mão-de-obra e melhoria das condições de segurança dos trabalhadores;
  • O cumprimento das normas de distanciamento social, típicos dos protocolos de saúde que as organizações estabeleceram na situação atual de contingência global em saúde;
  • A melhoria da satisfação do cliente, inerente à redução dos tempos de resposta.

A indústria 4.0 está aqui para ficar, e está avançando mais rápido através de inovações tecnológicas que geram nas empresas a necessidade de realizar mudanças significativas para manter sua competitividade e se diferenciar de seus concorrentes.

A A.W. Chesterton Company, destaca-se por uma longa história servindo como parceira estratégica de inúmeros clientes industriais, fornecendo soluções de alto valor alinhadas com seus principais indicadores de desempenho em termos de segurança, rentabilidade e conformidade.

Se você quiser ajudar a selecionar a melhor solução Chesterton para um aplicativo específico, não hesite em entrar em contato com nossos especialistas. Pergunte a um especialista.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *



Más Notas

Benefícios do monitoramento de equipamentos rotativos para reduzir custos e alcançar novos níveis de confiabilidade

7 de Outubro de 2021

O monitoramento abrangente dos equipamentos rotativos pode ser benéfico para as equipes de manutenção de muitas maneiras,...

Como os revestimentos reforçados com cerâmica afetam as práticas de manutenção na indústria de mineração de cobre?

27 de Outubro de 2021

Sabe-se que todas as atividades de mineração têm um problema comum que não só afeta o funcionamento...

O que é Cold Bonding ou Solda a frio?

19 de Julho de 2021

Hoje em dia, em toda a extensão de uma planta industrial, podemos encontrar equipamentos que possam oferecer...